WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
adriana calcados
Geral

Tragédia em Mariana é a maior do gênero na história

A tragédia ocorrida no dia 05 de novembro, na cidade de Mariana, é a maior da história em termos de volume de material despejado por barragens de rejeito de mineração. De acordo com o jornal O Globo, o caso na cidade mineira causou o vazamento de 62 milhões de metros cúbicos de lama.

O segundo maior acidente do gênero ocorreu, no dia 04 de agosto de 2014, na mina canadense de  Mount Polley, na Colúmbia Britânica. De acordo com o pesquisador Marcos Freitas, coordenador executivo do Instituto Virtual Internacional de Mudanças Globais (Ivig), as barragens da empresa Samarco liberaram uma quantidade de rejeito 2,5 vezes maior que no Canadá. Para o pesquisador, a área entre Minas Gerais e Espírito Santo que foi atingida pela lama vai levar no mínimo dez anos para recuperar, mas em alguns lugares a situação é irreversível.

“Não podemos estimar agora o tempo e o dinheiro que custará a recuperação. Vai depender de cada área e será caro. A região existente no raio de uns 30 quilômetros da área das barragens, por exemplo, pode estar perdida. Está coberta por camada espessa de lama. A recuperação será tão cara que pode se mostrar inviável financeiramente. Quando a lama secar, vai se tornar terra endurecida, um chão de ferro, uma terra de ninguém”, explica Freitas.

( Com informações do Jornal O Globo)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar