WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
adriana calcados
Geral

CAPES aprova Mestrado em Direito na Faculdade Guanambi

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), publicou, nesta sexta-feira (18), a aprovação do Programa de Pós-Graduação stricto sensu em Direito para a Faculdade Guanambi. Trata-se do primeiro Mestrado em direito do interior do Norte – Nordeste do Brasil, com área de concentração em Fundamentos e Efetividade do Direito.

A CAPES é uma agência de fomento à pesquisa brasileira, ligada ao MEC, que regula e avalia os cursos de Mestrado e Doutorado nas instituições públicas e privadas em todo país. Por meio de rigorosos padrões de avaliação, a CAPES divulga a Avaliação Trienal, que classifica, credencia e/ou descredencia cursos de pós-graduação stricto sensu.

Prof. Georgheton Nogueira, diretor acadêmico administrativo da FG (1)

Segundo o diretor acadêmico administrativo da Faculdade Guanambi, Prof. Georgheton Melo Nogueira, o Mestrado em Direito da FG terá, inicialmente, duas linhas de pesquisa: Democracia Processual e Efetividade do Direito; e Ética, Autonomia e Fundamentos do Direito.

Serão disponibilizadas 25 vagas, com início das aulas previstas para março de 2016. O edital que rege o processo seletivo será publicado em breve no site www.faculdadeguanambi.edu.br. Ainda segundo o Prof. Georgheton Nogueira, o programa de Mestrado da FG vai contar com a participação de docentes de reconhecimento internacional na área do Direito, a saber, professores brasileiros e da Universidade de Lisboa (ULISBOA), Universidade de Coimbra, em Portugal, e Universidade de Oviedo, na Espanha.

“A FG vai oferecer, no próximo semestre, a primeira turma de pós-graduação stricto sensu, o que coloca, definitivamente, a Faculdade Guanambi no mapa acadêmico nacional. Além de ser um motivo para celebrar, redobra a nossa responsabilidade pública em ofertar um Mestrado em nível de excelência”, afirmou o Prof. Georgheton Nogueira.

Segundo o diretor geral da FG, Felipe Duarte a aprovação do Mestrado próprio em Direito é o início de um novo ciclo da pós-graduação na Faculdade Guanambi. “Nossa instituição vem cumprindo um papel histórico sem precedentes no semiárido nordestino, região historicamente à margem da produção científica brasileira, no contexto acadêmico nacional”, afirmou.

Duarte também lembrou que, recentemente, a FG formou a primeira turma do Mestrado Interinstitucional em Direito, numa parceria entre a Universidade Estácio de Sá (UNESA) e Faculdade Guanambi.  “A formação da primeira turma do Minter em Direito marcou o início de uma nova etapa de consolidação da FG como uma das referências no ensino superior na região Nordeste do país”, concluiu.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar