WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
DestaquesInteresse Público

Conquista: Equipe visita terreno onde será construída a Casa de Atendimento Socioeducativo

por Indhira Almeida

Integrantes da Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac), órgão ligado à Secretaria Estadual da Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social e do Ministério dos Direitos Humanos do Governo Federal estiveram nessa quarta-feira (13) em Vitória da Conquista para visitar o terreno onde será construída a Casa de Atendimento Socioeducativo (Case). O terreno fica no Loteamento Chácara Candeias, saída para o município de Barra do Choça.

A diretora-geral da Fundac, Regina Affonso, o assessor especial da fundação, Emilson Piau, além da engenheira civil Ana Cláudia e a arquiteta Heloísa, que fazem parte da Secretaria de Direitos Humanos do Governo Federal, visitaram, além do terreno onde será construída a Case, o Centro Integrado dos Direitos da Criança e do Adolescente. Implantado na gestão do prefeito Guilherme Menezes, o centro reúne diversos serviços socioassistenciais para crianças e adolescentes em um só endereço. A equipe visitou ainda a unidade de semiliberdade Na Varanda, mantida por meio de um convênio da Fundac com a Fundação da Criança e do Adolescente de Vitória da Conquista (Famec).

A publicação do edital para construção do equipamento foi divulgada ontem (12) pelo Governo do Estado. Com investimento de R$ 22,3 milhões, fruto de convênio com a União, a unidade contará com 90 vagas para adolescentes do sexo masculino para aplicação de Medida Socioeducativa de Internação e Internação Provisória.

Segundo o assessor especial da Fundac, Emilson Piau, a ideia da fundação é fortalecer a política de atendimento à criança e ao adolescente no município: “Nós esperamos com a inauguração dessa nova unidade, que é uma vitória de todos nós, é uma luta antiga que vem desde o mandato do prefeito Guilherme, passando por Zé Raimundo, o mandato do deputado Waldenor Pereira, enfim, temos que agradecer a muitas pessoas que foram fundamentais nesse processo e que vai viabilizar para Vitória da Conquista um polo de atendimento regional onde se amplia uma rede de proteção que já é bastante forte”, disse.

Ainda segundo Piau, a partir de agora serão iniciados os processos de visita ao terreno dos possíveis interessados no processo licitatório:“Provavelmente no mês de novembro quando a gente fizer a abertura do edital, dentro de 60, 90 dias, então acho que no mês de janeiro, fevereiro do ano que vem, as obras devam ser iniciadas. A construção será através do regime diferenciado de contratação, que é uma modalidade de licitação em que você acelera o processo de contratação e início da obra. Então deve demorar aproximadamente 90, 120 dias pra fazer o projeto e em torno de 18 meses para construir”, concluiu.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar