Cândido Sales: 1º de Maio é marcado com ato unificado em defesa dos trabalhadores e de Lula

Cândido Sales: 1º de Maio é marcado com ato unificado em defesa dos trabalhadores e de Lula
02 maio 17:51 2018 Imprimir

O deputado Zé Raimundo esteve na noite de ontem (1º) no município de Cândido Sales, num evento que marcou as comemorações pelo Dia do Trabalho. O evento contou com um ato político seguido de um forró, que reuniu centenas de trabalhadores da cidade e zona rural.

O evento foi organizado pelo Partido dos Trabalhadores, PCdoB, PSOL e PSB, com o objetivo de denunciar as ameaças do governo Temer com o corte de vários direitos, a perseguição à Lula e ainda unir um bloco de esquerda, apresentando alternativas para o município de Cândido Sales, que segundo as lideranças locais, está um caos, com uma administração que não paga os salários em dia e persegue os trabalhadores.

Estiveram presentes várias lideranças sindicais, dos movimentos sociais, o ex-prefeito de Cândido Sales, Jaimilton Acioly, o vereador Divinha, o presidente do PT, Ailton, o presidente do PcdoB, professor Nivaldo, professora Cristina, professor Fabiano, Netinho de Belo Campo, Zé do Carmo e Yago e Elias, representantes da juventude das pastorais.

Durante o evento, o deputado Zé Raimundo destacou o trabalho de mobilização que o ex-prefeito Jaimilton Acioly tem realizado no município de Cândido Sales, em defesa do presidente Lula e de resistência contra a má administração atual. O deputado ressaltou as ações que o seu mandato, junto com o deputado Waldenor Pereira vêm realizando no município, com obras, emendas parlamentares, reivindicações junto ao governo do Estado, viabilização de vários projetos para a agricultura familiar, apoio às comunidades rurais, apoio à saúde, pavimentações de ruas, dentre outras ações.

O parlamentar falou ainda sobre a origem do 1º de Maio, que teve início nas lutas dos trabalhadores da Europa e dos Estados Unidos no século XIX. Seu marco inicial foi o assassinato de trabalhadores em 1886 e a partir dali foi iniciado um calendário, para que em todo primeiro de Maio, no mundo inteiro, se comemorasse a data em homenagem aos mártires de Chicago e também o dia de luta para reafirmar uma agenda de transformação.

“Hoje o 1º de Maio tem esse sentido, de lutar contra os retrocessos que vem sendo impostos aos trabalhadores e ao mesmo tempo fortalecer a luta popular, neste momento pela libertação do Lula e pela congregação das forças políticas que queiram efetivamente continuar a transformação dos governos Lula e Dilma, retomando o crescimento, fortalecendo a economia brasileira, contra a entrega das nossas riquezas aos grandes grupos internacionais. Esse 1º de Maio se tornou um grande momento para nós alavancarmos o processo político deste ano, que culminará em outubro, se Deus quiser, com a vitória do presidente Lula”, concluiu Zé Raimundo.



Escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda...

Seja o primeiro a comentar!.

Publique seu comentário

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.