WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
DestaquesEntretenimento

Sudoeste: III edição da Fligê lança sua programação; confira as novidades

Como quem pede uma benção, versos do poema “Meia lágrima” de Conceição Evaristo ecoaram pela sala do Museu Regional de Vitória da Conquista na manhã da última sexta-feira (11). Estava começando o lançamento do Ano III da Feira Literária de Mucugê – Fligê, para imprensa, instituições, parceiros e outros convidados.

A antiga casa de Henriqueta Prates foi então tomada pela voz de Yanna Gusmão e o violão de Alex Lacerda, como quem escreve uma epígrafe. Os versos de “Maria do Socorro” e “Triste, louca ou má” deram o tom: a temática da feira neste ano coloca a mulher no seu devido lugar, o de protagonismo.

“Por meio de uma homenagem a um coletivo de mulheres e à escrita feminina que vamos tecer uma grande programação em encontro a tudo o que a gente quer expressar, que precisa mudar, que precisa ampliar no sentido de direitos da mulher”, destacou a professora Ester Figueiredo, curadora da Fligê. “A nossa programação atende a diferentes idades e em diferentes espaços de Mucugê”.

O Ano III da Fligê acontece de 16 a 19 de agosto, com o tema “Literatura e resistência: a vida nos rastros da palavra”, numa cidade de quase 10 mil habitantes, que desde 2016 se envolve com a palavra escrita ou não, em suas diversas formas. “Esse tema vem para discutir a palavra e a palavra ela é feminina, é música, é poesia. A palavra resiste a tudo, porque palavra é, sobretudo, memória”, resumiu a coordenadora pedagógica, Lana Sheila. “A comunidade já está fazendo uma participação brilhante, vem aí um trabalho magnífico”, completou.

Para o deputado federal Waldenor Pereira, “a expectativa é que nesta terceira feira ela se consolide como uma das mais importantes feiras culturais da Bahia. Já em face da sua consolidação e do seu reconhecimento, a organização tem recebido várias propostas de escritores com interesse em participar da programação, o que tem sido um desafio”.

O lançamento também contou com a presença do deputado estadual José Raimundo Fontes e do reitor eleito da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), Luiz Otávio Magalhães. “A nossa participação tem levado uma edição, da Editora Alba, para lançamento e distribuição aos presentes”, lembrou o deputado José Raimundo sobre a parceria com a Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), que continua em 2018.

Realizada pelo Coletivo Lavra, a Fligê tem o apoio de emendas parlamentares dos deputados federais Waldenor Pereira (PT) e Jean Wyllys (PSOL) por meio do Ministério da Cultura, do Governo do Estado da Bahia e de parceiros locais do município de Mucugê.

PROGRAMAÇÃO – Ao longo dos quatro dias de programação, habitantes e turistas da Chapada Diamantina têm a oportunidade de participar de conferências, rodas de conversa, lançamento de livros, oficinas, leituras performadas, contação de estórias e também de ter contato com outras linguagens artísticas como a música, o cinema, a fotografia e as artes plásticas.

Alguns nomes confirmados foram anunciados durante o lançamento. Confira!

Fligê anuncia primeiras atrações para 2018

De 16 a 19 de agosto, a Chapada Diamantina volta a ser o centro literário e cultural da Bahia com o Ano III da Feira Literária de Mucugê – Fligê. Confira os nomes já confirmados para esta edição, anunciados nesta sexta (11), durante o lançamento da feira:

Heloisa Buarque de Hollanda – Professora, escritora, ensaísta, crítica literária, editora e pesquisadora, Heloisa é graduada em Letras Clássicas, com mestrado e doutorado em Literatura Brasileira e pós-doutorado em Sociologia da Cultura, na Universidade de Columbia, em Nova York. Privilegia a relação entre cultura e desenvolvimento, dedicando-se às áreas de poesia, relações de gênero e étnicas, culturas marginalizadas e cultural digital. Será a responsável pela conferência de abertura da Fligê.

Elisa Lucinda – Poetisa, jornalista, cantora e atriz. Reconhecida pela sua literatura poética, além de seus espetáculos, recitais e workshops apresentados no Brasil e exterior, Elisa tem 14 livros publicados, sendo considerada um dos maiores fenômenos da poesia brasileira.

Márcia Tiburi – Graduada em Filosofia e em Artes Plásticas, Márcia é artista plástica, professora e escritora. Seus principais temas são ética, estética, filosofia do conhecimento e feminismo. Sua publicação mais recente é o livro “Feminismo em comum”.

Jean Wyllys – Deputado federal (PSOL), professor, escritor e jornalista. É militante das causas de diversidade de gênero e de raça. Em 2015, foi apontado pela revista britânica The Economist, na “Lista Global da Diversidade”, entre 50 personalidades mundiais. Por dois anos, recebeu o título de melhor deputado federal pelo Prêmio do Congresso em Foco.

Chico César – Cantor e compositor com repercussão internacional, o paraibano Chico César é também escritor e jornalista. A maioria de suas canções são poesias de alto poder de encanto linguístico. Entre suas músicas mais conhecidas estão “Mama África”, “À primeira vista” e “Pensar em você”. Sua apresentação em Mucugê será no dia 17 de agosto.

Ana Buarque de Hollanda – Cantora, compositora e atriz, foi vocalista em discos de Toquinho, Vinicius de Moraes, Fafá de Belém e Tom Jobim. Foi ministra da Cultura do governo Dilma Rousseff, quando criou um conjunto de metas para o Plano Nacional do Livro e Leitura.

Outros nomes serão anunciados em breve pela organização da Fligê. Acompanhe as redes sociais oficiais e aguarde mais novidades! (Ascom Fligê)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar