Coelba anuncia acordo com a Caixa e contas voltarão a ser pagas nas lotéricas a partir de sábado (14)

Coelba anuncia acordo com a Caixa e contas voltarão a ser pagas nas lotéricas a partir de sábado (14)
13 julho 21:14 2018 Imprimir

Companhia de Eletricidade da Bahia (Coelba) anunciou, na noite desta sexta-feira (13), que fechou um acordo com a Caixa Econômica Federal (CEF) e restabeleceu contrato com o banco para que pagamentos de conta de luz voltem a ser feitos nas casas lotéricas de todo o estado.

Conforme a Coelba, os consumidores já poderão fazer o pagamento nas lotéricas a partir de sábado (14). Os detalhes do acordo entre a empresa e o banco não foram divulgados.

Pagamentos das faturas da concessionária de energia estavam suspenso nas casas lotéricas desde o dia 1º de junho, por causa do fim do contrato com a Caixa, que administra o serviço.

Na ocasião, a Coelba informou que as tentativas de negociação com o banco começaram em novembro de 2017, mas não houve acordo em relação ao reajuste de 50,5% no valor da tarifa por fatura arrecadada. Isso, segundo a companhia, inviabilizou a manutenção do convênio de arrecadação.

No entanto, durante mais de um mês após a suspensão do serviço, milhares de consumidores reclamaram da dificuldade para pagar a fatura nos pontos de atendimentos restantes e das filas imensas para conseguir fazer o serviço.

Após recomendação do Ministério Público da Bahia (MP-BA), feita na quarta-feira (11), a empresa conseguiu negociar com a caixa para restabelecer o pagamento das faturas nas lotéricas.

Corte de luz suspenso

Mesmo com o acordo com a Caixa, a Coelba informou que continuam suspensos cortes de energia, até terça-feira (17), exclusivamente para os clientes que ficaram com as faturas em atraso em decorrência do período em que a concessionária e a Caixa ficaram no impasse.

A decisão de suspender os cortes ocorreu após reunião da concessionária com o Ministério Pública da Bahia (MP-BA), realizada na quinta-feira (12).

O MP detalhou que recebeu denúncias de associações de moradores e demais pessoas que relataram problemas para pagar a conta de energia. O órgão ainda chegou a marcar para o dia 31 de julho uma audiência pública, com o objetivo de encontrar uma solução para o impasse.

Fonte: G1



Escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda...

Seja o primeiro a comentar!.

Publique seu comentário

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.