Funcionários da Viação Vitória acusam empresa e Prefeitura Municipal de descaso

Funcionários da Viação Vitória acusam empresa e Prefeitura Municipal de descaso
09 agosto 16:23 2018 Imprimir
leonardo rocha

Leonardo Rocha

Há dias, os conquistenses vêm acompanhando o verdadeiro caos em que se transformou o transporte coletivo em Conquista, que teve início em julho deste ano com a interdição por parte da Prefeitura Municipal de mais de 70 ônibus da Viação Vitória após terem sido encontradas diversas irregularidades. Neste cenário, a situação se complicou mais ainda para 517 famílias, que trabalhavam na Vitória, e que já estão há três meses sem receber seus salários. Segundo o motorista Leonardo Pereira Rocha, “a interrupção do serviço da Vitória na cidade só agravou ainda mais a nossa situação. Nossa situação não chegou a esse ponto porque a empresa parou de rodar, mas porque a empresa permitiu que isso acontecesse com uma má administração e a falta de compromisso com os seus colaboradores. Neste período que está sem rodar a Vitória em momento algum se mostrou interessada em resolver a situação do funcionário”.

Walber Santos

Walber Santos

O motorista Walber Oliveira Santos acusa a empresa Vitória e a Prefeitura Municipal de abandono. “Sempre cumprimos com nossos deveres. Chegou um tempo que não deu mais para eles (Vitória) e eles simplesmente nos abandonaram. Fez a gente de lixo”. Walber, que participou da sessão da Câmara Municipal de hoje (08/08), onde solicitou ajuda dos vereadores, pediu atenção do Prefeito Municipal com as famílias prejudicadas. “A prefeitura começou dizendo que iria nos apoiar e depois sumiu. Já tentamos dialogar e pelo jeito ele não quer”.

A Redação entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Vitória da Conquista que informou que “sempre dialogou com os funcionários da Viação Vitória e, especialmente, com o sindicato da categoria. Além disso, acompanhou de perto as negociações da classe mediadas pelo Ministério Público do Trabalho, sempre defendendo melhores condições de trabalho para os empregados da empresa”. A ASCOM informou ainda que em todas as negociações com empresas interessadas em assumir temporariamente as linhas da Viação Vitória, a Secretaria de Mobilidade Urbana ressalta sua preocupação com os funcionários da empresa, inclusive sugerindo a recontratação da equipe por quem passar a administrar as linhas afetadas pela paralisação.

A reportagem entrou em contato com um dos representantes da Viação Vitória que ficou de retornar até às 15h de hoje, mas infelizmente não retornou.

Enquanto isso, a população sofre com o transporte público….

Maria Lúcia

Maria Lúcia

Enquanto não se encontra uma solução eficiente e urgente para o transporte público em Vitória da Conquista, quem está sofrendo é a população, a exemplo da senhora Maria Lúcia Vieira da Silva, de 62 anos, moradora do bairro Vila Bonita. “Ficou muito ruim para a gente que mora aqui depois que a Viação Vitória saiu. Hoje fico uma hora aguardando um ônibus, em pé, esperando exposta ao sol e chuva, sem ter nem onde sentar. Sem contar que hoje preciso usar três ônibus e antes era só um. A prefeitura precisa tomar providências”. Outro morador, senhor Rogério

Rogério Santos

Rogério Santos

Santos, do bairro Nova Cidade, também fez questão de falar sobre o transtorno que tem sofrido para pegar ônibus. “Onde eu moro só rodava a Viação Vitória e como a empresa não roda mais todos nós usuários ficamos na dependência, sem saber horário de nada. Às vezes passa um ônibus, às vezes não. Para ir trabalhar temos que sair 4h da manhã porque ficamos sem saber o horário que pode passar e não podemos atrasar”.

Texto e fotos: Lílian Symaia e Luciene Costa

Foto destaque: Site da empresa



Escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda...

Seja o primeiro a comentar!.

Publique seu comentário

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.