WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Interesse Público

Por aclamação, Eures Ribeiro é reeleito presidente da UPB

Eures reclama da divisão de recursos da União e diz que terá relação "diplomática" com Bolsonaro

Candidato único, o prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro (PSD), foi reeleito, na tarde desta terça-feira (8), presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB). Ele conduz o órgão até 2020.
A entidade tem cerca de 400 prefeitos dos municípios filiados. A posse do presidente e integrantes da Mesa Diretora da chapa “Juntos Somos Mais Fortes”, ocorre ainda nesta terça na sede da UPB, no Centro Administrativo da Bahia.
Eures Ribeiro contou com o apoio do governador Rui Costa (PT), vice governador João Leão , senador Otto Alencar (PSD), presidente da AL-BA, Ângelo Coronel, dentre outros políticos da base do governo.
Veja a composição da nova Diretoria Executiva  eleita hoje:
Presidente – Eures Ribeiro Pereira – prefeitura de Bom Jesus da Lapa
Vice-Presidente Institucional – Marcus Pauo Alcântara Bonfim – prefeitura de Juazeiro
Vice-Presidente Administrativo – Antônio Carvalho da Silva Neto – prefeitura de Araci
Primeiro Secretário – Rogerio dos Santos Costa – prefeitura de Santo Estevão
Segundo Secretário – José Roberto Neves – prefeitura de Caculé
Primeiro Tesoureiro – Marco Aurélio dos Santos Cardoso – prefeitura de Santana
Segundo Tesoureiro – José Henrique Silva Tigre – prefeitura de Belo Campo.
O prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro (PSD), celebrou a reeleição via chapa única para a presidência da  União dos Municípios da Bahia (UPB). “Fico feliz, porque é a primeira vez que a UPB reelege um presidente com chapa única. A gente já sai unido. Para conseguir o êxito, que é ajudar os municípios da Bahia, tenho que conseguir a unidade dos prefeitos”, afirmou, em entrevista ao BNews, na tarde desta terça-feira (8).
Segundo o presidente, a meta agora é lutar por uma divisão mais justa do “bolo tributário” dos recursos. “Essa união fará o nosso fortalecimento, para que a gente possa nos organizar para conseguir mais, tanto no Governo Federal, quanto no Estadual. Quem tem mais é quem tem que ajudar quem tem menos. É uma relação muito grande essa relação de municípios de União. É uma relação de casa grande e senzala. Quem tem mais é a União e quem tem menos é a gente”, analisa.
Eures também revela como será a relação com o presidente Jair Bolsonaro (PSL). “Será uma relação de diálogo. Temos que respeitar o presidente que foi eleito pela maioria dos brasileiros. Ter uma relação diplomática. Vamos dialogar e conservar em prol dos municípios”.
Ele também faz duras críticas sobre percentual dos munípicios para os programas federais. “Diria que hoje, os programas federais da saúde, educação e ação social, 40% hoje é subsidiado pelos municípios. Começou com 10%. E hoje está praticamente nas nossas costas”.
Fonte: Bocão News
Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar