WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Entretenimento

Casa do Carnaval pode ser visitada gratuitamente na quarta-feira (6)

A Casa do Carnaval, localizada no bairro do Pelourinho, centro histórico de Salvador, abre as portas de forma gratuita na quarta-feira (6), em comemoração ao aniversário de um ano do espaço. O museu foi criado em 2018 para contar a história da folia baiana.

O acervo histórico do museu é composto por adereços, instrumentos musicais, figurinos usados por artistas da música baiana como Carlinhos Brown, Claudia Leitte, Daniela Mercury e Ivete Sangalo.

Há também miniaturas de personagens do carnaval, como o folião, o ambulante, a baiana do acarajé e os músicos que fazem a festa, além de vídeos sobre a folia contada pelos artistas.

Na quarta, além de reviver carnavais antigos através da história e conhecer fantasias de blocos importantes como o Ilê Aiyê, o Cortejo Afro e o Olodum, o público poderá conferir seis novos filmes que passam a fazer parte do acervo do local. — Foto: Divulgação

Na quarta-feira, também estava prevista a integração de seis novos filmes no acervo do espaço. Entretanto, a Secretaria de Cultura e Turismo decidiu pelo adiamento da estreia dos filmes por conta da morte de Paulo Gaudenzi, empresário e vice-presidente de relações institucionais da empresa Salvador Destination, que fomenta o turismo na capital baiana.

Com o adiamento, a secretaria disse que o lançamento dos filmes está previsto para a próxima terça-feira (12), para imprensa e convidados. Já na quarta-feira (13), os filmes estarão disponíveis ao público. Veja abaixo a lista completa dos filmes que vão ser incluídos no acervo da Casa do Carnaval.

A Casa do Carnaval funciona de terça a sexta-feira, das 11h ás 19h. Exceto nesta quarta, quando não será cobrado valor de entrada, o acesso custa R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia).

Filmes que entram no acervo

  • “Irmãos Macêdo”, retrata a história dos fundadores do trio elétrico Dodô e Osmar
  • “Moraes Moreira”, exalta o artista como o primeiro cantor a subir em um trio elétrico, momento em que foi consolidada mais uma transformação da folia momesca
  • “O visual do Carnaval”, uma roda de conversa entre os grandes responsáveis pela estética do carnaval: Juarez Paraíso, Jotta Cunha, Pedrinho da Rocha, Alberto Pitta e Ray Viana.
  • “Orlando Tapajós”, trata da estética dos carros de trio
  • “Paulo Miguez e Milton Moura” filme aborda a história do carnaval
  • “Riachão”, que contempla a obra de Riachão
Fonte: G1 Bahia
Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar