WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
DestaquesInteresse Público

Núcleo de Educação do PT no Congresso define ações contra corte no orçamento de universidades e institutos federais

Ao abrir a última reunião ordinária do Núcleo de Educação do PT no Congresso Nacional, na última quarta-feira (08), o coordenador geral Waldenor Pereira (BA) defendeu a mobilização de parlamentares e toda a sociedade para reagir contra a política “nefasta” de educação do Governo Bolsonaro, que anunciou o corte de 30% do orçamento das universidades e institutos federais. A reunião foi avaliada como bastante representativa dos segmentos envolvidos na educação no país, como também produtiva pelas deliberações de ações da bancada e de mobilização.

O núcleo decidiu pela indicação da obstrução permanente das bancadas do PT na Câmara e no Senado visando impedir votações nas comissões e no plenário dos projetos relacionados com a política de redução de investimentos em educação; reforço no recolhimento de assinaturas de parlamentares (mínimo exigido de 257) em apoio ao Projeto Legislativo (PLP) de autoria da deputada Maria do Rosário (RS) para derrubar o decreto presidencial do corte no orçamento da educação; além de participação nas atividades de mobilização nos estados de protesto contra o corte.

“O anúncio do corte bilionário em investimentos para a Educação é um dos atos mais irresponsáveis e cruéis deste governo e é nossa obrigação repudiar e lutar contra o desmonte programado pelo MEC, que pode fechar as portas de diversas universidades e institutos federais”, convocou Waldenor Pereira, ao abrir a reunião do núcleo, que teve a participação de entidades representativas dos estudantes universitários (UNE), servidores técnicos das universidades (FASUBRA), das Instituições Federais de Educação Profissional, Científica e Tecnológica do Brasil (CONIF), dos deputados federais Margarida Salomão (MG), presidente da Frente Parlamentar de Defesa das Universidades Federais, Zeca Dirceu (PR), Zé Ricardo (AM), Rosa Neide (MT), além de assessores da câmara e do Senado.

Fonte: Ascom

Texto: Débora Silveira – Assessora de Comunicação

Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar