WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Geral

O essencial da manhã: Presidente do Inep, órgão responsável pelo Enem, é demitido

Com 17 dias no cargo, o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Elmer Vicenzi, foi demitido . A autarquia é responsável pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Alexandre Ribeiro Pereira Lopes , que é diretor legislativo na Secretaria Executiva da Casa Civil, deve assumir o órgão. Ele será o terceiro a ocupar o cargo no governo de Jair Bolsonaro.

O que aconteceu: o Ministério da Educação disse que Vicenzi pediu para sair. Nos bastidores, ele foi responsabilizado por erro de informação sobre o custo da avaliação básica, de R$ 500 mil em vez de R$ 500 milhões, que causou constrangimento ao ministro Abraham Weintraub.

No entanto, no centro da demissão estão relatórios internos do Inep, contrários à intenção do MEC de usar dados sigilosos de alunos na emissão de nova carteira estudantil.

Companhias aéreas criaram um fundo com R$ 2,5 milhões para repasses de caixa dois a parlamentares, contou Henrique Constantino, um dos donos da Gol, em delação premiada. Além da Gol, representantes da TAM, Avianca e Azul discutiram doações eleitorais não contabilizadas em 2014, segundo Constantino.

Quem foi citado: o delator listou oito parlamentares, incluindo o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que nega ter recebido dinheiro irregular .

Por que isso importa: a delação coloca, pela primeira vez, as aéreas na mira da Lava-Jato.

Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar