WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Entretenimento

Preta Gil lamenta ataques na web: ‘racistas não dão trégua’

Sinônimo de representatividade para milhares de mulheres e negros, Preta Gil vira e mexe é criticada por sua forte personalidade, além de sofrer com ataques racistas nas redes socias. Com mais de sete milhões de seguidores no Instagram, a cantora conversou com a revista “Quem” sobre como ela lida com haters.

“Eu sofro ataque o dia inteiro. Os racistas não dão trégua. Eles dizem: ‘mas ela casou com branco. Ela só casa com branco. Ela alisa o cabelo’. As pessoas que são ignorantes em relação a minha história, acham que eu aliso o cabelo. Eles criticam até quando eu o pinto de loiro. Eu sou negra e eu sou livre. Eu não sou escrava de ninguém. Eu não tenho que seguir nenhuma regra. Meu coração não manda. Eu me apaixonei pelo Rodrigo (Godoy), mas eu poderia ter me apaixonado por um negro. Na minha história, eu me apaixonei e namorei vários negros. Mas os racistas gostam e usam isso para me atacar. Eu dou risada da cara deles. É triste ver pessoas tão rasas na vida. Mas acontece”, desabafou a interprete de “Excesso de Gostosura”.

Questionada sobre qual a forma de  combater o preconceito, Preta foi direta: “Sendo, dando exemplo, trabalhando, lutando. Principalmente se unindo. Eu vejo que de alguns anos para cá, o movimento negro tomou uma proporção diferente e não existe um movimento negro no país. Existem movimentos individuais, de pessoas negras que querem combater o racismo, por meio da informação. Isso é o mais interessante. A gente tem uma história que mostra exatamente o que o povo negro passou no Brasil e no mundo, mais aqui especificamente”.

Fonte: IBahia

Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar