WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Interesse Público

Conquista: Câmara promove reunião sobre segurança pública

Aconteceu na manhã da última terça-feira (10), na Câmara Municipal de Vitória da Conquista, uma reunião sobre segurança pública com representantes da Prefeitura Municipal, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), associações de moradores e conselhos municipais. A ação foi proposta pela vereadora Viviane Sampaio (PT). Ela frisou que a segurança é dever dos Estados, mas é também responsabilidade de toda a sociedade, e que a intenção era fazer uma audiência pública, porém a reunião já foi um passo importante para amadurecer propostas que possam contribuir para a segurança pública.

Integrar famílias em ações é fundamental – Absolon Pereira, sargento aposentado e ativista de direitos humanos, defendeu ações que integrem as famílias, pois é uma forma de democratizar e humanizar a segurança. Para ele, cuidar da segurança não se resume a “usar arma em punho”. O ativista cobrou mais formação política para os policiais. Ele apresentou uma série de documentos produzidos pelo Governo da Bahia sobre o tema, mas alertou que muitos projetos não são aplicados em Vitória da Conquista. Pereira apresentou um projeto que envolve escolas e Polícia Militar (PM), que poderá ser instalado em toda a Bahia. Ele ainda reclamou da ausência de representantes da PM e do Conselho Comunitário de Segurança.

As ações são mais importantes que as palavras – A presidente do Conselho da Mulher da OAB e do projeto Célula Mater, a advogada Arlene Santos Ribeiro, iniciou sua fala contando um pouco sobre a atividade do conselho, que se reúne para elaborar ações para viabilizar o combate à violência contra a mulher e se coloca à disposição das associações comunitárias para levar conhecimento e combater a violência. Arlene também falou sobre o seu projeto e da importância da participação dos homens para a reeducação de agressores.

Abordagem deve ser humanizada – O coordenador de Políticas de Promoção da Cidadania e Direitos de LGBT (Coordenação LGBT), José Mário Barbosa dos Santos, ressaltou que o Brasil amarga índices graves, figura como o país que mais mata a população LGBT. Ele frisou que são crimes hediondos motivados pelo preconceito. Também informou que a coordenação vem trabalhando na criação de um conselho municipal sobre o segmento, e que o regimento já foi elaborado e encaminhado ao prefeito para aprovação e envio à Câmara de Vereadores para se tornar lei. Relatou que está em andamento uma parceria entre a Coordenação e a Ronda Maria da Penha, iniciativa da PM, para estabelecer uma abordagem humanizada à população LGBT, especialmente a trans. José Mário explicou que é preciso entender a linguagem dessa comunidade para poder abordá-la.

Educação como a base de tudo – O maestro e apresentador de TV, Ranulfo Lima, discursou em favor da educação, afirmando que esta é a tônica fundamental do direcionamento da humanidade. O comunicador ressaltou tudo que havia sido debatido na reunião passada pela educação e falou da necessidade de as crianças terem mais acesso a ela para que possam voltar a respeitar aos pais, aos professores e aos mais velhos. Também contou sobre sua atividade enquanto líder comunitário no bairro Kadija e seus esforços para conseguir o hospital Esaú Matos e a horta comunitária na região.

A instalação de conselhos comunitários de segurança – O presidente da Associação de Moradores da Urbis VI, Gilvan Fernandes, sugeriu que numa próxima oportunidade todos os presentes na reunião desta manhã formassem uma comissão para o lançamento de conselhos de segurança na cidade. Gilvan falou sobre sua trajetória em que, em parceria com Ranulfo, conseguiu trazer uma escola de informática para Vitória da Conquista. Também falou sobre seu trabalho nos conselhos comunitários, utilizando a experiência para implementá-los em 15 cidades da região, julgando assim, que não haveria dificuldade em retomar o projeto agora em Conquista.

Fonte: Ascom

Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar