WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
adriana calcados camara vitoria da conquistanatal cdl
DestaquesExpressão BahiaPrefeiturasSaúde

Prefeitura inicia 4ª Semana do Bebê e coloca evento no calendário oficial do município

Simbolizando o compromisso da Administração Municipal com a garantia dos direitos das crianças conquistenses, o prefeito entregou a chave da cidade ao primeiro bebê nascido durante a Semana

Teve início, na tarde desta segunda-feira (2), a 4ª Semana do Bebê, trazendo o tema “Primeira infância: criança cuidada, família feliz.” A cerimônia de abertura aconteceu na Fundação Pública de Saúde de Vitória da Conquista (FSVC), que é parceira da Prefeitura na realização do evento.

O grupo gestor da Rede Cegonha no município também representa um importante avanço na área

Esta edição é marcada por muitos avanços na área. Durante a cerimônia de abertura, o prefeito Herzem Gusmão assinou o Decreto nº 19.951/19, que coloca a Semana do Bebê no calendário oficial de eventos da Prefeitura de Vitória da Conquista. Além disso, por meio da Portaria nº 114/19, a Secretaria Municipal de Saúde instituiu o Grupo Gestor da Rede Cegonha no Município.

“Conquista nasce aqui”, constatou o prefeito Herzem Gusmão, referindo-se ao expressivo papel que o Hospital Esaú Matos exerce hoje na natalidade do município. Com isso, ele destaca a importância do evento: “Isso conscientiza as mães a ter um acompanhamento pré-natal, para estimular o parto natural. Eu estou entusiasmado com o trabalho dessa equipe do Hospital Esaú Matos, é uma equipe maravilhosa, enfrentando as dificuldades, vencendo desafios. Nós estamos felizes com esse evento em que a gente sente que há uma interação e uma conscientização das mulheres.”

Ester recebe a chave da cidade e se torna a “Bebê Prefeita”

Simbolizando o compromisso da Administração Municipal com a garantia dos direitos das crianças conquistenses, o prefeito entregou a chave da cidade ao primeiro bebê nascido durante a Semana. A pequena Ester Santos de Oliveira, que veio ao mundo às 3h45 do dia 2 de dezembro, recebeu a chave e se tornou a “Bebê Prefeita”. Ela também foi contemplada com presentes, itens de enxoval, carteira de vacinação e certidão de nascimento.

“Muito feliz em saber que as pessoas se preocupam com a situação das outras, e tem tanta solidariedade. Agradeço primeiramente a Deus, e a eles, por estarem tentando ajudar da melhor forma”, conta Renata Lima de Oliveira, mãe de Ester. Esse é o segundo filho que Renata tem no Hospital Esaú Matos.

A Semana – Até o dia 7 de dezembro, o município estará mobilizado pela garantia da sobrevivência e do desenvolvimento da criança desde o ventre da sua mãe até os seis anos de idade, período que compreende a primeira infância. Para isso, será oferecida uma vasta programação de palestras, rodas de conversa, visitas técnicas e muitas ações educativas e culturais.

Até o dia 7 de dezembro, a Semana do Bebê irá oferecer uma vasta programação em áreas intersetoriais

“A Semana do Bebê é uma das principais estratégias para assegurar a atenção adequada da criança até os seis anos de idade. O objetivo é tornar o direito à sobrevivência e ao desenvolvimento infantil como prioridade em todos os municípios do país. A gente discute mortalidade infantil, aleitamento materno, gravidez na adolescência, formação de vínculo familiar e social com o bebê”, conta Diogo Feitosa, diretor-geral da FGVC.

A coordenadora da Rede de Atenção e Defesa à Criança e ao Adolescente, Camila Fisher, também explica: “É uma ação do Selo Unicef que prima pela integralidade e intersetorialidade das ações, pede que as ações sejam realizadas com a Secretaria de Desenvolvimento Social, Secretaria de Saúde, de Educação.”

Rede Cegonha – A Rede Cegonha é uma iniciativa do Ministério da Saúde que tem como finalidade estruturar e organizar a atenção à saúde da mãe do bebê até o seu 6º ano de vida. Agora, Vitória da Conquista conta com um grupo gestor para discutir e planejar as ações do município nessa área. São 22 membros compondo esse comitê, que conta com integrantes do Governo Municipal, profissionais da saúde e representantes da sociedade civil.

“É um importante marco. Assim, a gente institucionaliza algo que já vem sendo feito nesta gestão, que é cuidar tanto das mães quanto dos bebês do nosso município e dos municípios no entorno também”, declara o secretário municipal de Saúde, Alexsandro Costa. “Esse comitê gestor discute as ações, discute os recursos, planeja junto com os gestores e, ao mesmo tempo, faz a execução, o acompanhamento e dá uma resposta à sociedade do que está funcionando, do que precisa melhorar, do que ainda pode ser aperfeiçoado dentro da Rede Cegonha”, completa.

Informações: SECOM PMVC
Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar