WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
adriana calcados
Geral

Rui comenta saída de Moro: “as declarações do Ministro são praticamente uma delação premiada”.

Nesta sexta-feira, 24, o Ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro, pediu demissão do cargo. Sua Saída é reflexo da exoneração de Maurício Valeixo, homem de confiança do ex-juiz da Lava Jato, do comando da PF por Bolsonaro no Diário Oficial hoje. Pela manhã, Sergio Moro convocou a imprensa para anunciar sua saída e fez várias declarações, entre elas disse que “não é questão do nome, há outros delegados igualmente competentes. O grande problema é que haveria uma violação à promessa que me foi feita, de ter carta branca, não haveria causa e estaria havendo interferência política na PF, o que gera abalo na credibilidade”.

Durante o programa “Papo Correria” de hoje, o Governador da Bahia, Rui Costa comentou a saída de Moro dizendo que as declarações dele são praticamente uma delação premiada. “O ministro saiu afirmando que o Presidente da República quer colocar na Superintendência Geral da Polícia Federal e nas superintendências regionais pessoas que ele possa ligar e tomar informações e pegar dados das investigações que estão em andamento. Isso é uma convicção de que o Presidente pretende cometer crime de responsabilidade. Isso é gravíssimo, para a democracia e para Justiça brasileira. Isso compromete a lisura de todo o processo de investigação daqui para a frente. Espero que as autoridades competentes tomem providências em relação a isso”.

Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar