WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
adriana calcados
DestaquesInteresse Público

Conquista: Tratamento Inédito é Realizado no Hospital de Base

Foi realizado ontem (25) um procedimento até então inédito no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC): um tratamento de Fratura de Gradil Costal, problema que ocorre quando uma ou mais costelas podem estar fraturadas em decorrência de lesão torácica fechada, em pacientes com tórax instável.

Esse tratamento é indicado para casos como o do paciente operado ontem (25), um homem de 57 anos que sofreu um trauma depois que um animal de grande porte pisou em cima dele. Esse paciente chegou à unidade apresentando instabilidade no tórax e deformidade visível da parede torácica, e por conta das várias fraturas, tinha grande dificuldade para controlar a dor. Ele se encontrava com limitação da expansão pulmonar correta na respiração, como se não conseguisse encher os pulmões de ar sem sentir dor e grande incômodo. Esse tipo de limitação pode evoluir para complicações como pneumonia e acúmulo de secreção pulmonar, portanto, a cirurgia é feita no intuito de fixação e alinhamento das costelas.
Hoje (26), em avaliação do pós operatório, o paciente se encontra bem, e já tem previsão de alta médica para amanhã.

O Dr. Rafael Sodré, especialista em Cirurgia Torácica e Médico responsável pela realização do procedimento, afirma que o grande diferencial dessa cirurgia foi a aquisição de um material de uma empresa especializada em equipamentos que tratam perturbações ou lesões ósseas e articulares. A empresa ofereceu a baixo custo as hastes metálicas que são específicas para usar nesse tipo de tratamento, pois elas se moldam às costelas.

Sem esses materiais específicos, que são autorizados pela Anvisa, a equipe não poderia fazer muito pelo paciente, pois ele provavelmente evoluiria com quadro de dor crônica e deformidade. Ele apresentava um afundamento no lado esquerdo da parede torácica, e sem esse tratamento, a situação poderia se complicar por conta de controle da dor.

Esse procedimento já é feito em hospitais particulares de Vitória da Conquista, mas essa foi a primeira vez que ele foi realizado pelo SUS.

O HGVC está estruturando o serviço para que seja oferecido esse esses materiais em definitivo, na intenção de aprimorar cada vez mais esse tipo de procedimento. O Hospital é a referência em traumatologia na região Sudoeste da Bahia, pois são perfis que surgem com frequência na Unidade. “A grande importância disso é levar esse tratamento de ponta e alta tecnologia para um paciente do Sistema Único de Saúde, que eu não conheço nenhum paciente pelo SUS da Bahia que usou esse material”, conclui o Dr. Rafael Sodré.

Fonte: blog de Rodrigo Ferraz

Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar