WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
atuv facilit adriana calcados
GeralInteresse Público

Presidente da Coopmac confirma cancelamento da Expoconquista 2019, mas não descarta mudança de formato ou data

Texto: Lílian Symaia / Foto: Blog do Anderson –  A Exposição Nacional Agropecuária, Industrial e Comercial de Vitória da Conquista, que tradicionalmente é realizada no município há mais de 50 anos, a mais antiga do Estado, não deverá acontecer em 2019. Em entrevista ao site Expressão Bahia, o presidente da Cooperativa Mista Agropecuária Conquistense (Coopmac), entidade responsável pela realização do evento, Jaymilton Gusmão Cunha Filho, informou que infelizmente os patrocínios vem diminuindo a cada ano e as despesas tem aumentado, e por isso não há condição de promover a Expoconquista de 2019. “Ocorre que temos apenas três fontes de recursos para fazer esse evento: o aluguel dos stands, que mantemos sem repassar aumento dos custos  a ano; venda da bilheteria, onde a gente cobra nos finais de semana uma entrada de R$ 6,00 a inteira, sendo que criança e idoso não pagam, e a terceira fonte que é de patrocínio das empresas privadas, entes públicos, do governo municipal, governo estadual e das entidades federais também que representam o agronegócio, os bancos. Só que a questão é o patrocínio vem diminuindo a cada ano e os custos com a realização do evento crescem substancialmente, com mão-de-obra, energia elétrica, a montagem, estrutura, toldos, banheiros, segurança, etc”.  Segundo Jaymilton, a decisão foi tomada pelos membros da Cooperativa, visto que a mesma é um entre privado, com medo de amargar prejuízos. “Estamos saindo de uma dificuldade financeira muito grande e não justificaria fazer um alto investimento e arriscar tomar prejuízos”. Porém, o Presidente não descartou a possibilidade de realizar o evento com outro formato, de menor dimensão, ou em outra data, se houver mobilização e interesse de todos os entes participantes. “A gente também entende as dificuldades da Prefeitura, e do Estado em estar aportando recursos mas nós decidimos que enquanto privada não seria justo a gente promover um evento dessa grandeza, desse porte. Por isso decidimos não realizar a exposição em abril mas estamos esperando alguma mobilização da sociedade, do poder público, para quem sabe analisarmos outras possibilidades, seja mudar data ou formato do evento. Se tudo correr bem e houver esse entendimento poderemos rever nossa situação. Com este formato para o ano que vem sem o apoio dos interessados a gente resolveu cancelar.”.

Todos os anos, a Exposição movimenta cerca de R$ 100 milhões.

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar