WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
adriana calcados
Interesse Público

Agência Nacional de Água fará visita a municípios atingidos pela seca do Rio Pardo

A Agência Nacional de Água (ANA), em parceria com a Secretaria Estadual do Meio Ambiente da Bahia (Sema), fará visita técnica na próxima semana aos municípios de Encruzilhada, Itambé e Cândido Sales, atingidos pela escassez de água do Rio Pardo. Foi o que assegurou o presidente da ANA, Vicente Andreu Guillo, ao deputado Waldenor Pereira, em audiência, hoje (27), com participação do chefe de gabinete, Valney Zanbardi, superintendentes e técnicos da Agência reguladora.

Os dirigentes da ANA disseram a Waldenor que estão cientes da gravidade da situação, uma vez que a barragem Machado Mineiro (MG), que regula a perenidade do Rio Pardo, encontra-se com o volume de água muito baixo.  A visita técnica terá a finalidade de diagnosticar o problema, verificando as outorgas para exploração de água para irrigação, como também de avaliar as possibilidades de fontes alternativas de abastecimento.

Em várias gestões nos últimos dias junto a órgãos ligados ao abastecimento de água e meio ambiente, que culminaram com esta audiência na ANA, o deputado Waldenor Pereira, juntamente com o deputado estadual Zé Raimundo, está buscando providências para minimizar, a curtíssimo prazo, o efeito da escassez de água do Rio Pardo nos três municípios do sudoeste baiano. Apresentou reivindicações de utilização de fontes alternativas como carros-pipa, abertura de poços, construção de sistemas de abastecimento, adutoras e barramentos.

Por ser um rio federal, que percorre 565 km em municípios baianos e mineiros, os deputados tiveram de recorrer à ANA para solicitar fiscalização ambiental e até intervenções legais, em caso de uso indevido de outorgas para captação de água destinada à irrigação de plantios.  “O consumo humano é um direito constitucional que está acima da necessidade industrial, agrícola ou qualquer outra”, defendeu Waldenor.

Antes de recorrer à ANA, Zé Raimundo e Waldenor tiveram audiências com o secretário estadual do Meio Ambiente, Eugênio Spingler, do qual solicitaram as intervenções ambientais.  Na Embasa, se reuniram tanto com o gerente regional, José Olímpio, em Vitória da Conquista, quanto na Presidência, em Salvador, com o chefe de gabinete, Bento Ribeiro Filho, e o diretor Ubiratan Matos, solicitando ações visando a normalização do abastecimento de água.

As iniciativas dos deputados- em atenção ao prefeito de Encruzilhada, Dr. Alcides Ferraz, dos vereadores, através do presidente da Câmara, vereador Serginho, das lideranças de Cândido Sales, Jaimilton Aciolle (ex-prefeito), vereador Arnaldo e da executiva municipal do PT- visam encontrar soluções imediatas para a situação crítica, que tem gerado protestos da população atingida. Dentre as providências eles defendem as que possam socorrer o Rio Pardo, que vive a maior seca registrada desde à sua existência, decorrente do fenômeno natural El Niño, como também da ação humana, tanto pelo mal uso e desperdício da água nesta região.

Fonte: Joana Darck – Ascom WZ

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar