WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
facilit adriana calcados
Geral

Bahia: Metade dos internados por acidentes são com motociclistas

Os condutores de moto  representam a metade das internações por acidentes de trânsito no Sistema Único de Saúde (SUS) na Bahia. Consequentemente, as ocorrências com usuários de motocicletas são as que mais geram gastos com atendimentos em unidades de saúde ocasionados por ocorrências de trânsito no estado. No ano passado, o custo foi de R$ 5,1 milhões, o que corresponde a cerca de 50% do total (R$ 10,3 milhões). No mesmo período, 5.073 usuários de motocicletas foram atendidos em unidades de saúde do estado, segundo dados da Superintendência de Vigilância e Proteção da Saúde (Suvisa), vinculada à Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab). Isso representa 49,4% do total de internações por ocorrências no trânsito (10.326 registros). A situação preocupa autoridades de trânsito e de saúde do estado, além de especialistas e dos próprios motociclistas. Tanto que o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, afirmou em discurso na Assembleia Legislativa que os hospitais do interior “viraram hospitais ortopédicos, por causa do  número crescente de acidentes com motos”. Para o diretor do Hospital Geral do Estado (HGE), André Luciano Santana, os jovens são as principais vítimas deste tipo de acidente. “O número preocupa bastante. Primeiro, pela imprudência do pessoal que dirige moto, muitas vezes sem os devidos equipamentos de proteção. E também porque atinge uma faixa etária de uma população muito jovem, com lesões que podem deixar o paciente com sequelas para o resto da vida”, ressaltou Santana. Apesar disso, o número de internações de motociclistas diminuiu 9% em comparação com o ano anterior (5.576 casos). Nos últimos cinco anos, no entanto, aumentou 35%. Nos últimos 15 anos, a frota de motocicletas aumentou cerca de 800% na Bahia, saindo de 121.276 para 1.102.623 este ano, segundo dados do Departamento Nacional de Trânsito.

Fonte e foto : A Tarde

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar