WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
camaravc facilit adriana calcados
Geral

Vitória da Conquista: Polícia Civil fecha o cerco contra casal acusado de cárcere privado

A vítima prestou depoimento na segunda-feira (21). O homem e a mulher, apontados como autores do crime, fugiram com os três filhos.

“Foram dois anos de cárcere. E a vítima contou que era queimada com ferro quente e que não tinha direito a nenhum tipo de higiene. Ela disse ainda que eles não a ofereciam alimento e que ela comia apenas restos de comida e migalhas escondido quando eles dormiam”, disse a delegada Decimária Cardoso, titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), em contato com nesta terça-feira (22). Segundo a delegada, os suspeitos poderão responder por diversos crimes.

“Eles estão foragidos. Estamos procurando em todos os locais, mas ainda não tivemos êxito. Além de cárcere privado e estupro, poderão responder por tortura e redução à condição análoga à de escravo, já que a vítima era obrigada a fazer trabalhos domésticos sem remuneração e acorrentada a uma corrente”, destacou.

Conforme a delegada, a vítima passou por um hospital da cidade, onde foi constatado que ela tinha úlceras, desnutrição e desidratação, mas já foi liberada pelos médicos. “Ela agora está na casa dos familiares, que moram em um bairro distante do local onde era mantida no cárcere”, destacou. A delegada informou que a família passou nesses dois anos à procura da garotra, mas que não chegou a registrar queixa na polícia.

Fonte: G1 Bahia

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar