WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
facilit adriana calcados
Interesse Público

BA: Força-tarefa da Segurança Pública baiana fecha o cerco contra assassinos dos Policiais Militares em Bom Jesus da Lapa

Por Jornal do Sudoeste

A força-tarefa dos órgãos de Segurança Pública do Estado, que reúne efetivos das 38ª e 30ª Companhia Independente de Polícia Militar, das Companhias Independente de Policiamento Especializado – Cipe Cerrado, Cipe Semiárido, Cipe Cacaueira, Cipe Litoral Norte e Cipe Sudoeste – do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e apoio do Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer) e do Serviço de Inteligência da Polícia Militar, além de policiais das Coordenadorias de Polícia Civil do Interior da região Oeste do Estado e das Polícias Militar e Civil dos Estados de Goiás, Tocantins e Minas Gerais, está fechando o cerco ao bando que teve a tentativa de assalto a instituições financeiras de Bom Jesus da Lapa frustradas e na fuga feriram um e assassinaram covardemente dois Policiais Militares da 38º Companhia Independente de Polícia Militar, na madrugada do último dia 23.

Um dos marginais, Marcelo Alves de França, 38, conhecido como Célio de Laurita, natural de Cabrobó, em Pernambuco, foi ferido e morreu durante o confronto na tentativa frustrada de assalto em Bom jesus da lapa ainda na madrugada da segunda-feira (23).

Na  manhã da terça-feira (24), foi encontrado o corpo de Edgar José Gundim, conhecido como Edgar de Nó, na zona rural de Juazeiro, Norte da Bahia. De acordo com informações não confirmadas oficialmente, Edgar de Nó também era natural de Cabrobó (PE) e teria envolvimento com a quadrilha que atacou Bom Jesus da Lapa. A suspeita é que ele tenha sido ferido no confronto com a Polícia Militar e na fuga teria morrido, sendo descartado pelos comparsas. O suspeito morto estava sendo investigado pelo assassinato de dois Policiais, um na Bahia e outro em Pernambuco.

O corpo de Edgar José Gundim, conhecido como Edgar de Nó, que pode ter sido ferido no confronto em Bom jesus da Lapa e abandonado pelos comparsas, foi encontrado na zona rural de Juazeiro, Norte da Bahia

Na quarta-feira (25), outro suspeito de integrar o bando foi morto em confronto com Policiais Militares de guarnições das Companhias Independentes de Policiamento Especializado – Cipes Litoral Norte e Cipe Cacaueira – e do 5º Batalhão de Polícia Militar da 30ª Companhia Independente de Polícia Militar, durante uma abordagem na periferia da cidade de Côcos. O bandido, identificado pelo prenome de Marisley, resistiu a abordagem policial e foi ferido no confronto. Mesmo socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192), não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Identificado inicialmente pelo prenome de Marisley, o suspeito resistiu à abordagem de Policiais Militares, fi ferido no confronto e acabou vindo a óbito antes de dar entrada em uma Unidade de Saúde de Côcos

Fontes do comando da Força Tarefa da Secretaria de Estado da Segurança Pública da Bahia montado em Bom Jesus da Lapa e que coordena as operações estão confiantes que nos próximos dias todos os integrantes do bando serão identificados e presos.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar