WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
facilit adriana calcados camara vitoria da conquista
Interesse Público

Com plenária com presença de ex-senador Lindberg Farias, chapa Renovar o PT avança na campanha a presidência municipal do Partido

Por Gabriela Couto – A eleição que definirá os novos representantes do Partido dos Trabalhadores (PT) a nível municipal e estadual está chegando em sua reta final. Marcada para o dia 8 de setembro, em Vitória da Conquista, temos duas chapas compondo o cenário que vai indicar a estratégia que o partido pretenderá tomar nas eleições de 2020.

E a chapa Renovar o PT, que traz em sua candidatura o jovem militante Isaac Bonfim, fez a sua plenária na manhã do último sábado, 24, na Câmara Municipal de Vitória da Conquista, evento que contou com a presença do ex-senador, Lindberg Farias; do candidato à presidência estadual, Éden Valadares; dos deputados Waldenor Pereira e Zé Raimundo, e de diversos vereadores, ex-vereadores, e militantes do PT como o atual presidente Rudival Maturano. Também participaram do evento lideranças de outros municípios, como o prefeito da cidade de Mirante, Francisco Lúcio Meira, que aproveitaram a oportunidade para demonstrar apoio a chapa.

Isacc Bonfim, tem 32 anos, é historiador e filiado ao PT no município de Vitória da Conquista. Constituiu sua militância no movimento estudantil da Universidade do Sudoeste da Bahia e atualmente faz parte do Reencantar, tendência interna do partido. Ele acredita que o partido precisa de uma renovação, principalmente de ideias, que possam convergir com o novo momento político que não só Vitória da Conquista, como o Brasil enfrenta”.

“Esse novo momento, ele é baseado, primeiro na unidade das forças políticas do PT. É o novo pacto político interno capaz de fazer o PT superar as suas divisões internas, os problemas internos. E a base é o segundo ponto desta nossa proposta que é a criação de um novo momento para o partido,  o retorno as suas bases sociais, um retorno aos seus princípios, os seus valores e também a abertura do PT para um novo momento de discussão e de diálogo com a sociedade. O PT se propõe a se dirigir a sociedade de Vitória da Conquista, por isso nós queremos conversar com todos os segmentos sociais da cidade”.

E falou também sobre as suas expectativas de campanha. “Minha candidatura não é uma candidatura individual, e sim, partiu de uma vontade de uma construção coletiva de vários grupos políticos internos no PT, então a nossa expectativa a expectativa muito boa de fazer uma boa disputa de fazer um bom debate respeitando a outra chapa respeitando o companheiro Noeci, mas acima de tudo preservando o PT, esse é o nosso principal objetivo é fazer com que o pt cresça independente de quem esteja na presidência”, concluiu.

O ex-vereador Florisvaldo Bittencourt (PT) foi um dos que estavam presentes acompanhando a plenária, para demonstrar sua anuência com a candidatura de Isaac. “Isaac além do novo da juventude, é acima de tudo uma pessoa dedicada à luta, ao projeto político transformador, revolucionário e traz para o Partido dos Trabalhadores como presidente uma possibilidade de atrair a juventude, de atrair os militantes históricos que foram esquecidos e para que se estabeleça uma agenda de diálogo e de construção de futuro”.

O deputado estadual Zé Raimundo discursou sobre a importância da eleição partidária para que se façam reflexões internas partidárias para que se fortaleçam as estratégias políticas e as alianças. “É preciso que dentro do partido a gente possa alargar mais os espaços para os jovens, para os movimentos sociais, para uma política interna que fortaleça coletivamente as nossas ideias e que traga energia para a militância. E mais do que isso além de toda essa estrutura interna é preciso também que esse partido possa retomar com mais força a relação com a sociedade”.

Zé também falou que as eleições municipais serão decisivas para o caminho que o PT construirá em 2020. “2020 é uma é uma reflexão que nós estamos ainda no aguardo evidentemente dos processo eleitoral e a orientação nacional do partido é pra que a gente possa até meados semestre ter essa definição.  A gente sabe que em Conquista há muitos nomes de companheiros dentro do partido, aos aliados, mas tudo isso é preciso ser feito de forma coletiva. Naturalmente que após as eleições internas a nova direção partidária vai cuidar, das estratégias, das conversas, do diálogo e sobretudo do diálogo com a sociedade de Conquista pra saber o que é que a sociedade espera e aguarda no pt nessa conjuntura. Sabemos que temos uma grande missão que é libertar o Lula pra que ele possa também ajudar brasil e e fortalecer a nossas estruturas coletivas partidárias”, finalizou.

Já Waldenor Pereira (PT) trouxe também essa necessidade do espírito de renovação que os militantes do partido que estão apoiando Isaac estão pedindo, e falou também sobre a necessidade do PT se firmar contra o governo do Presidente Jair Bolsonaro. “Isaac é um jovem militante do Partido dos Trabalhadores e ele tem o perfil desse espírito de renovação do nosso partido.  Nós vivemos numa conjuntura política bem adversa que exige militância, determinação, vontade, e de participação. O governo Bolsonaro insiste em retirar do armário que há de mais abominável, a discriminação às mulheres, a intolerância com os negros, a discriminação com os pobres. E o senador Lindberg, e o próprio presidente Lula tem convocado a juventude a participar da política”.

Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar