WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
camaravc facilit adriana calcados
Expressão BahiaGeral

Vitória da Conquista teve um caso confirmado de variante Delta. Paciente está curada

Uma mulher moradora em Vitória da Conquista, 39 anos, é o primeiro caso confirmado de contaminação por variante delta do novo coronavírus. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), seis meses antes ela já havia tomado duas doses de Coronovac e , posteriormente, viajou ao estado do Espirito Santo, tendo retornado no dia 14 de agosto de 2021, assintomática, e fazendo uso de máscara corretamente, conforme suas declarações.

Ainda de acordo com a SMS, nas primeiras 48 horas após o retorno da viagem, a mulher teve obstrução nasal, febre, tosse e calafrios, mas permaneceu em isolamento domiciliar. No dia 19 de agosto, cinco dias após chegar de viagem. realizou exame laboratorial.

Como a paciente já tinha sido diagnosticada com Covid-19 em 2020, o novo resultado do exame, que deu positivo, foi submetido ao sequenciamento genético da amostra e identificada a variante Delta, conforme resultado enviado à Coordenação da Vigilância Epidemiológica da SMS ontem (17), às 11h49.

Em investigação clínica e epidemiológica, realizada pela SMS, a paciente foi monitorada desde o início dos sintomas, sendo observada a evolução benigna da doença e hoje ela se encontra recuperada.

Um familiar com quem a paciente teve contato também apresentou resultado positivo para Covid-19 e se manteve em isolamento domiciliar por 10-14 dias do início dos sintomas.

A variante Delta – A variante Delta tem um histórico de transmissibilidade maior do que as demais variantes, mas a vacinação tem se mostrado eficaz para conter os quadros graves que necessitam de hospitalização.

A SMS reforça à população sobre a importância de garantir a vacinação conta a Covid-19 para ampliar a cobertura vacinal e intensificar todos os cuidados de prevenção e controle da doença, com a utilização de máscaras, uso do álcool em gel e etiqueta respiratória. Em caso de sintomas, o contato com a unidade de saúde ou call Center deve ser imediato para realizar o atendimento, testagem e isolamento.
Vitória da Conquista teve um caso confirmado de variante Delta. Paciente está curada
Uma mulher moradora em Vitória da Conquista, 39 anos, é o primeiro caso confirmado de contaminação por variante delta do novo coronavírus. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), seis meses antes, ela já havia tomado duas doses de Coronovac/Butantan e , posteriormente, viajou ao estado do Espirito Santo, tendo retornado no dia 14 de agosto de 2021, assintomática, e fazendo uso de máscara corretamente, conforme suas declarações.
Ainda de acordo com a SMS, nas primeiras 48 horas após o retorno da viagem, a mulher apresentou quadro clínico de obstrução nasal, febre, tosse e calafrios, permanecendo desde o inicio dos sintomas em isolamento domiciliar. No dia 19 de agosto, cinco dias após chegar de viagem, realizou exame laboratorial. Como a paciente já tinha sido diagnosticada com Covid-19 em 2020, e o novo resultado do exame deu positivo, foi realizado o sequenciamento genético da amostra, apos ter criterios elegíveis do Lacen, e identificada a variante Delta, conforme resultado enviado à Coordenação da Vigilância Epidemiológica da SMS ontem (17), às 11h49.
Em investigação clínica e epidemiológica, realizada pela SMS, a paciente foi monitorada desde o início dos sintomas, sendo observada a evolução benigna da doença e hoje a mulher se encontra recuperada.
Um familiar com quem a paciente teve contato também apresentou resultado positivo para Covid-19 e se manteve em isolamento domiciliar por 10-14 dias do início dos sintomas.
A variante Delta – A variante Delta tem um histórico de transmissibilidade maior do que as demais variantes, mas a vacinação tem se mostrado eficaz para conter os quadros graves que necessitam de hospitalização.
A SMS reforça à população sobre a importância de garantir a vacinação conta a Covid-19 para ampliar a cobertura vacinal e intensificar todos os cuidados de prevenção e controle da doença, com a utilização de máscaras, uso do álcool em gel e etiqueta respiratória. Em caso de sintomas, o contato com a unidade de saúde ou call Center deve ser imediato para realizar o atendimento, testagem e isolamento.

Fonte: Secom PMVC

Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar