WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
camara vc cmvc
Expressão BahiaGeral

Exportação de coco de piaçava pela agricultura familiar reforça relações comerciais entre Bahia e Egito

O coco de piaçava, uma matéria-prima versátil e sustentável, tem desempenhado um papel fundamental no fortalecimento das relações comerciais entre a Bahia e o Egito. Após a Cooperativa dos Agricultores Familiares do Baixo Sul (Coopafbasul) realizar com sucesso uma exportação de 713,5 toneladas de coco de piaçava para o Egito, agora é a vez da Cooperativa de Biojoias, Pesca e Agricultura de Ituberá (Coobpagi), sediada no Baixo Sul, preparar seu primeiro carregamento. Nesta terça-feira (31/10), um total de 27 toneladas dessa valiosa matéria-prima seguirá para o Egito.

Essa conquista é um resultado direto do apoio do Governo do Estado da Bahia, por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR). A Coobpagi, originada da Associação de Biojoias, Pesca e Agricultura de Ituberá (Abpagi) na região do Baixo Sul, é um exemplo inspirador de como a agricultura familiar pode gerar emprego e renda no meio rural.

Domingos Santos, presidente da Coobpagi, expressou sua satisfação com essa parceria e os resultados alcançados. “Os agricultores familiares da nossa região perdiam praticamente todo o coco. Uma parte muito pequena usamos nas biojoias, mas o restante é descartado pois não tinha destino. Estamos muito entusiasmados e felizes com esse destino de uma matéria-prima abundante na região”.

A CAR realizou investimentos significativos em infraestrutura, sustentabilidade e desenvolvimento nessa região do Baixo Sul, com a criação de agroindústrias familiares, que agora são um marco na produção de artesanato de piaçava, biojoias e vassouras, além de promover o turismo comunitário rural. Essas agroindústrias também se destacam pelo uso de placas solares para a geração de energia fotovoltaica, o que não apenas reduz o impacto ambiental, mas também gera economia para as famílias agricultoras.

Com isso, houve uma transformação notável na vida de agricultores e agricultoras da região, valorizando o coco de piaçava e aumentando, significativamente, os preços de venda da produção. A exportação da Coobpagi é mais um marco nessa trajetória, mostrando que a Bahia não apenas valoriza seus recursos naturais, mas também os compartilha com o mundo, fortalecendo os laços comerciais e promovendo o desenvolvimento sustentável.

 

Fonte: ASCOM CAR | Silvia Costa

Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar