WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
facilit adriana calcados camara vitoria da conquista
Geral

Fechamento de escolas em toda a Bahia e reabertura do Hospital Espanhol para pacientes com coronavírus são novas medidas anunciadas por Rui Costa

Por Lílian Symaia – Na manhã desta quarta-feira, 18, o Governador da Bahia, Rui Costa, concedeu entrevista coletiva, em Salvador, onde informou que hoje está publicando novo decreto com novas medidas de combate ao avanço do coronavírus no Estado. Entre as novas medidas, está estender a suspensão das aulas para todos os colégios do Estado, públicos e privados em todos os municípios do Estado, por trinta dias. “Além disso, iremos suspender, a partir da 12h00 de sexta-feira, durante dez dias, todos o tipo de transporte público intermunicipal para as quatro cidades que estejam com casos confirmados: Salvador, Feira de Santana, Porto Seguro e Prado. O último ônibus sairá sexta, a 00h00  como forma limitar a movimentação de pessoas nessas cidades”. O Governador disse ainda que essa suspensão vale para o transporte de vans, especialmente na região de Feira e Porto Seguro. “A AGERBA, a Polícia Militar e Polícia Rodoviária vão agir. Quero registrar que aqueles veículos que forem pegos fazendo o transporte nessas cidades serão presos e levados para o pátio do Detran ou para o quartel da PM”, informou Rui Costa.

Hospital Espanhol

Acompanhado pelo secretário de saúde do estado, Fábio Villas Boas, e de equipe técnica do Estado, Rui Costa realizou vistoria no Hospital Espanhol, que será utilizado para atendimento a pacientes com sintomas do novo coronavírus. “Foi realizada uma inspeção, com filmagem e fotografia para verificar o estado físico do hospital e dos equipamentos. Faremos um relatório para todos saberem como o estado recebeu a unidade, mas tenham certeza que entregaremos em um estado melhor do que estamos recebendo. Mas é preciso que tudo isso fique registrado para a comprovação posterior”. Segundo a Assessoria de Comunicação, a ocupação temporária do Hospital Espanhol foi solicitada pela Procuradoria Geral do Estado e autorizada pela justiça federal na última terça-feira (17), para uso da unidade como hospital de campanha durante o período de crise na saúde pública causada pela pandemia do Covid-19. O primeiro hospital para atendimento em Salvador segue sendo o Couto Maia, em Cajazeiras.


Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar